9.2.12

portugal continuas tão interessante











Ups, eu sei, provavelmente este é o post onde coloquei mais imagens até hoje. E é ingrata esta minha selecção, por ser imensa (quer em quantidade, quer em qualidade) a escolha.
E também sei que dados os tempos actuais, toda a gente fala em valorizar o país, consumir os nossos produtos, and so on, and so on... Não vou justificar este post por aí.

Quantos de nós, em tumblrs e pinterests descobrimos imagens destas e exclamamos: oh, é em Portugal! Porque temos formatados que os melhores interiores são nórdicos, as casas mais minimalistas e imponentes são suiças ou os melhores hotéis estão em praias paradisíacas.
Eu sou suspeita, pelo orgulho que sinto, pela vontade de me juntar a tantos outros que querem fazer parte de uma mudança, que reinventam, pesquisam, preservam o autêntico, e insistem em por aqui continuar.
Apesar de muitas vezes ver que os dias que passam são dias perdidos, de perceber o quanto é difícil viver/ trabalhar numa cidade do interior na perspectiva em que os comportamentos sociais estão muito perto dos da época feudal, em que a cópia é sempre o caminho mais óbvio ou onde um shopping significa vanguardismo.
Mas, enquanto este sentimento telúrico perdurar, vou continuar a usurpar exemplos como estes para alimentar mais e mais esta minha portugalidade e continuar a caminhar deixando marcas no chão, mesmo que alguém venha por trás e as apague.

5 comentários:

**SOFIA** disse...

quase posso apostar que a maioria destas fotografias são do Fernando Guerra. excelentes.

cristina says: disse...

Sim, são todas :) tem lá o link! :)

**SOFIA** disse...

oh pois tem, é o que dá só ver os bonecos....
(defeito de fabrico)
:)

cristina says: disse...

:)

Andreia disse...

Alimentar a portugalidade faz-me bem :) E ver estas imagens também. Não creio que prejudique repetir-se mil vezes o que de bom se faz por aqui. Só aumenta a sensação de pertença :)